Sala Ambiente
Projeto Vivencial

Sala Ambiente
Projeto Vivencial

Item Anterior Página Inicial Próximo Item
 
   

Unidade II
O trabalho do gestor na escola: dimensões, relações, conflitos, formas de atuação

Nesta unidade, discutiremos o trabalho do gestor escolar. Como sabemos, esse é um trabalho complexo, pois além das atividades correntes relacionadas à gestão administrativo-financeira da escola, o gestor articula e intervém em outros âmbitos do trabalho escolar: atua diretamente com todos os segmentos escolares, o que o coloca de imediato no complexo campo das relações humanas; articula, medeia e fomenta a implementação de políticas educacionais produzidas em instâncias do sistema educacional, além das ações voltadas para e com a comunidade do entorno da escola.

São objetivos específicos desta unidade:

a) discutir a natureza do trabalho do gestor escolar, na perspectiva da gestão democrática das unidades escolares e dos sistemas de ensino

b) analisar a atuação do gestor escolar, considerando-a em suas várias dimensões – relacionais, conflitivas, relativas à gestão e pedagógicas.


2.1. A atuação do gestor escolar: dimensões política e pedagógica

2.2. O trabalho do gestor na escola: dimensões, relações, conflitos, formas de atuação

 

Atividade 2

Atividade Complementar 2

Atividade 3

Atividade Complementar 3

Para saber mais

AFONSO, A. J.  Escola pública, Gerencialismo e Accountability. Jornal Página da Educação, ano 12, no 126, p. 21, Agosto/Setembro 2003.

GOHN, M. da G. Educação não-formal, participação da sociedade civil e estruturas colegiadas nas escolas. Revista Ensaio. v. 14, no 50. Rio de Janeiro: jan./mar. 2006. p. 27-38,. [Disponível aqui]

URIBE, M.  El Liderazgo Docente en la Construcción de la Cultura Escolar de Calidad. Un Desafío de Orden Superior. Revista PRELAC.  no 1, julho de 2005.
[Disponível aqui]

SETTON, M. da G. J. S. A Teoria do Habitus em Pierre Bourdieu: uma leitura contemporânea. Revista Brasileira de Educação. no 20, Maio/Jun/Jul/Ago, 2002. [Disponível: aqui].

BORGES, A. Lições de reformas da gestão educacional: Brasil, EUA e Grã-Bretanha. São Paulo: Perspectiva, Jul/Set. 2004, v. 18, no 3, p. 78-89. [Disponível aqui].

 

avançar