Sala Ambiente
Fundamentos do Direito à Educação

Sala Ambiente
Fundamentos do Direito à Educação

Item Anterior Página Inicial Próximo Item
     
   

Unidade II
Conhecimento, currículo e cultura escolar

Página 1 de 2

Apresentação

Prezado(a) cursista,

na Unidade I desta Sala Ambiente você estudou os processos que constituíram a educação como um direito universal; os pressupostos teóricos e filosóficos que historicamente têm embasado esse direito e ainda a democratização e o direito à educação no Brasil.

A presente unidade pretende promover a reflexão, o questionamento e a discussão, no desenvolvimento do curso, sobre a concepção de currículo e seus desdobramentos para a gestão escolar. Para tanto, elaboraram-se três subunidades com temáticas organizadoras de conteúdos considerados importantes para atingir o objetivo proposto.

Nesta unidade da Sala Ambiente Fundamentos do Direito à Educação, você aprofundará seus conhecimentos sobre questões primordiais para a realização dos processos de ensino e aprendizagem na escola: o conhecimento, a cultura e o currículo escolar. Todos temos plena consciência da importância desses elementos para a viabilização do usufruto do direito à educação.

São objetivos específicos desta unidade: a) compreender o currículo como um importante instrumento de viabilização do direito à educação; b) identificar as principais teorias curriculares que explicam as diversas possibilidades de organização curricular de nossos sistemas de ensino; c) analisar o currículo como espaço de poder, cultura, ideologia e hegemonia; d) discutir criticamente as tendências atuais na organização curricular, tendo em vista as necessidades de aprendizagem dos estudantes; e) conhecer o processo e a organização das novas diretrizes curriculares nacionais, tendo em vista seus impactos na gestão escolar.

Desse modo, iniciaremos esta unidade com uma abordagem sobre o currículo em que os estudantes são considerados sujeitos de direito ao conhecimento, entendido como o direito à formação científica e profissional e o direito ao desenvolvimento pleno da cidadania. Nessa abordagem, destaca-se a importância do trabalho coletivo dos profissionais da educação com a finalidade de construir parâmetros para sua ação.

 

avançar